quarta-feira, 19 de junho de 2013

Greve dos professores. UMA CARTA

___________________________________________________________________________________
A propósito da greve dos professores, “Sala das Colunas” publica um pequeno texto que circulou por entre o corpo docente.

O texto é breve e claro. Não precisa de comentários.

Ao transcrever o texto-testemunho, ergo a minha taça solidária com todos os professores deste país que ainda têm fôlego para lutar, juntos, por aquilo em que acreditam.
___________________________________________________________________________________

  Boa tarde para todos.

Após receber tantos mails a confirmar a continuação da greve aos C.T. e à greve do dia 17, apetece-me deixar aqui umas palavras: estou sensibilizada por esta onda de solidariedade e união na escola. Há já algum tempo que não sentia um pulsar de energia dentro destas paredes. Afinal ainda temos fôlego para nos juntarmos e lutarmos por aquilo em que acreditamos.

Para além de ser professora também sou mãe de alguém que tem de fazer exames nacionais, mas isso não me impede de lutar por aquilo em que acredito, pois acima de tudo quero tentar construir um futuro melhor precisamente para ela.

Apetece-me terminar com um pensamento: "Estarmos juntos: é um começo. Continuarmos juntos: é um progresso. Trabalharmos juntos: é a chave do sucesso”.

 A.P. (profª.ES)